ArTeCEtera #3!

Pra quem não leu as edições anteriores, apresento o Artecetera!
É o final da semana da equipe do Musicanoid, e como todo findi que se preze, pra aficcionados da arte como nós, de nada seria, se não fosse hora de pedir pro mundo parar pra gte curtir, apreciar e fazer arte de alguma forma!

A cada fim-de-semana, exposição de ensaios fotográficos, desenhos, músicas e todo etc. produzido por nós e também resenhas de shows, espetáculos de todo tipo e, é claro, as coisas bacanas da arte que descobrimos na net e fazemos questão que vcs vejam também!

E como o prometido, hoje começa a publicação da arte dos doidos que conhecemos pela Curitiba que poucos conhecem!

Quem leu o ARTECETERA #2 sabe do que eu estou falando!

Mandaí Chef Erik, qual é a pedida de hoje?

___________________________________

SEXO, PANELAS & ROCK n ROLL!

Muito bem!!

Comecemos então a falar sobre comida! Comida pura e simples!
E porque não inaugurar minha participação por aqui com uma receitinha bem fácil, e bem leve, para aqueles que assim como eu volta e meia tem problemas com a maldita balança??

Algo leve, bonito, colorido e que certamente impressiona!

Estou falando do ceviche! Algo que hoje está muito na moda em termos de gastronomia, uma comida completamente “hype”, “in”, ou seja lá o termo que você quiser usar para indicar que algo é “descolado”…

Mas muito antes de ser algo chique e servido em restaurantes metidos à besta com ares contemporâneos, o ceviche é uma comida emblemática da culinária andina, uma comida do dia-a-dia no Peru, Chile, etc…

É um prato que tem por base o peixe, ou frutos do mar em geral, limão, pimenta e cebola, porém com inúmeras variações de região para região, e até de família pra família. Um tipo de alimento extremamente simples, de preparo rápido e resultado soberbo!

Nestes meus quse 10 anos de cozinha, é ainda um tipo de preparo instigante e que me me emociona cada vez que faço, justamente pela sua complexidade de sabores contidos em algo tão fácil e simples.

É a delicadeza associada à pungência. Frescor em harmonia com saciedade.

Bem, chega de enrolação!

Vamos então à uma das minhas versões deste, que é de longe um dos meus pratos preferidos!

Trabalhemos aqui uma porção para duas pessoas (Afinal, pode ser uma ótima pedida pra um jantarzinho leve à dois! :))

CEVICHE AO AZEITE DE MARACUJÁ


A mágica do Ceviche!

“E o que diabos eu vou precisar hein, tio??”

Simples! Muito simples:

– uns 2 ou 3 filés de peixe branco fresco (corvina, linguado, pescada branca… Peça uma sugestão ao peixeiro!)
– 1/2 pimenta dedo de moça fresca e sem as sementes picada muito fina.
– 1 cebola picadinha bem fina
– 2 maracujás bem maduros
– 100 ml de azeite de oliva de boa qualidade (pelamordedeus! Não use aqueles malditos “azeites compostos”! São o uó!!)
– 300 ml de suco de limão (Suco mesmo! Manda ver e espreme aí uns 7 ou 8 limões! Se for limão cravo melhor ainda!)
– 1 tomate maduro, porém firme, sem sementes e cortado em quadradinhos pem pequeninos
– Sal à gosto

“E como eu cozinho esta parada, véi??”

Bem…
Você não vai precisar de panela…

Porque a cocção vai se dar pela ação da acidez do limão, ou seja, será um “cozimento à frio” através de acidulação.
Antes de mais nada, tenha todos os ingredientes já cortados e sparados, pois o preparo é muito rápido!

Agora vamos aos 3 passos:
1 – junte a polpa do maracujá com o azeite numa tijela e bata bem com um batedor ou garfo, até homogenizar bem! Reserve! 🙂
2 – Corte o peixe em tiras beeeem fininhas contra o sentido da fibra e mergulhe no limão, junte o sal, mexa e deixe descansar por uns 4 minutos
3 – Passados os tais 4 minutos, retire o peixe do suco de limão, esprema um pouco (repare que o peixe estará levemente esbranquiçado, ou seja, cozido pela acidez do limão), misture a cebola, tomate, pimenta e disponha numa tijelinha, ou cumbuca para servir. Regue com um pouco do limão que sobrou e cubra com o azeite misturado com maracujá. E já era! Só mandar pra dentro! ^^


Mais uma só pra vc ficar com mais vontade 😉

Algumas observações:

Na foto há alguns outros elementos, como os “mojones”, que podem ser servidos junto, mas que publicarei a receita em outra oportunidade. O molhinho escuro é uma redução de shoyo com gengibre e açúcar, e o copinho de cachaça contém um shot de tequila misturado ao caldo de limão do peixe, que serve tb como acompanhamento pros mais “machões” mandarem pra dentro sem fazer careta! hehehehe!

– Esta é a minha receita de ceviche, meu modo de fazer. Cada um tem seu jeito, desde que se respeite a equação “peixe + limão + cebola”. Cada um adiciona ou suprime os elementos que quiser

– Você pode servi-lo em taças de martini. Ficam bem charmosos e caem muito bem como um petisco ou entrada.

– Há montes de receitas de ceviche por aí. Algumas levam milho, algumas recomendam que se corte o peixe em cubos, outras recomendam o uso de coentro picado… Mas não há uma receita “100% original” . É um tipo de comida muito flexível no que diz respeito ao seu preparo

– Espero sinceramente que tenham gostado!!!!

Fica aqui o meu agradecimento ao chef Checho Gonzales do Aji, restaurante andino contemporâneo que está bombando em Sampa. Esse cara é um grande brother e uma enorme referência pessoal, que em outros tempos me esclareceu montes de dúvidas sobre o ceviche, um cara que cozinha com a alma e o coração acima de tudo.

Até mais galera!!!

On the playlist now: Spiritual Beggars, Grand Magus e Horrorpops (Recomendo o psichobilly meio pop da última para saboear um bom ceviche!!)

Quer trocar uma ideia, esclarecer dúvidas, xingar a minha mãe, ou apenas comentar, mande seu e -mail:

cheferikfillies@gmail.com

Também estou no twitter e no orkut!! Procurem aê!!! 🙂

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s