AAAaaaAaAaaaaaaaaaaaaaa!!!!!

Berros, birras, agudos e… tosses!!! (parte 1)

7 de Novembro de 2009. Dia que esperei muito para chegar. O dia em que uma banda que havia sido esquecida, veio mostrar que não perdeu o seu ritmo!
Eles voltaram, sim! O FAITH NO MORE voltou para um show em São Paulo, no MAQUINÁRIA FESTIVAL. (Me arrependo simplesmente de não ter comprado o ingresso VIP, para ter o prazer da frente do palco, enquanto que a pista era dividida em duas partes, atrás da tal ala VIP. Ia sair caro – cerca de R$ 518,00 – mas eu deveria era ter comprado já que aconteceram muitas coisas ótimas nesse show).

Vou te contar…

Exatamente as 9:30da noite, eles entraram no palco. Com atraso, porque a chuva veio antes, e causou desespero total no público de que o show fosse cancelado. Mas não foi (ainda bem)!!!! Funcionários e roadies começavam a limpar o chão e a cobrir os instrumentos para evitar a entrada de água nos mesmos.

Eles começaram a tocar “REUNITED” (Reunidos como o próprio nome diz!), e assim chegava MIKE PATTON segurando uma bengala em uma das mãos e um guarda-chuva na outra!! O clima de ouro-verde fm estava no ar, lembrando muito o famoso DOWNLOAD FESTIVAL. A chuva caía, mas suavemente, as gotas pareciam não incomodar ninguém…

Logo em seguida, tocaram “FROM OUT OF NOWHERE”!!!! Pulos e delírios de toda aquela galera ao mesmo tempo!!! (Infelizmente, Mike Patton não conseguiu usar seu megafone estilo sirene de ambulância para soar na entrada da música, mas mesmo assim, eles não decepcionaram!)

OBS: Só para lembrar que todos eles estavam de terno, com exceção do baterista MIKE BORDIN.

Pulos, berros e muito mais fizeram o aquecimento perfeito para logo vir “BE AGGRESSIVE”, com um refrão hilariamente cantado por RODDY BOTTUM (a versão original era cantada por meninas, rs).

Aqueles que não ouviram direito o álbum “ANGEL DUST”, provavelmente não conseguiriam entender a pira quando “CAFFEINE” começou a tocar. Cabeças balançando, agressividade (no bom sentido, claro) e uma viagem extasiante aconteceram juntas no lugar!!!
Nunca imaginei uma música como esta ser tão performática, encantadora e raivosa ao vivo (acabou virando uma das minhas favoritas, hehe).

Mas peraí, ainda tem mais: após tocarem “Caffeine”, a banda resolveu fazer uma homenagem para nós brasileiros, cantando uma das suas canções mais tocantes em português!!! “EVIDENCE” é tocada, Mike Patton pronuncia cada palavra com um sotaque meio espanhol para falar o português. Incrível!!!!

O HEAVY METAL volta com eles tocando “SURPRISE! YOU’RE DEAD”, a banda ainda mantém a mesma energia que tinha anos atrás, sem parar a todo o tempo, enlouquecendo o público ainda com um super agudo/falsete de Mike numa das estrofes, arrepiando todos os pelos do corpo. A linda e enigmática “LAST CUP OF SORROW” veio em seguida, cheia de mistério e clima cinematográfico… Debaixo de gotas de chuva que faziam uma cortina na frente do palco, como uma cachoeira…

Esperei muito pra ouvir “RICOCHET“, mas o momento chegou! As luzes do palco brilhavam tanto que pareciam formar um arco-íris entre o público! Todos de boca aberta.

A balada “EASY” do Commodores, veio em seguida. Sim, eles tocaram essa! Tranquilidade na hora… o público de braços erguidos com isqueiros acesos e balançando de um lado para o outro…

Mas quem roubou a cena mesmo foi “EPIC”!!!!!!!! Parece que o tempo fez questão de reservar uma chuva pra essa música! Os poucos relâmpagos que apareceram no céu deram um ar mais realista à música, a gente estava praticamente dentro do videoclip de “Epic”!!! Fui hipnotizado na hora e só sei que eu não queria perder nenhum detalhe!

“MIDLIFE CRISIS” foi a próxima, e ao final dela, a banda se manteve em silêncio completo para deixar por conta do público cantar seu pegajoso refrão (no bom sentido, é claro!):

“You’re perfect, yes, it´s true,
But without me you’re only you,
Your menstruating heart,
It ain´t bleedin’ enough for two.”

A banda toda, e mais precisamente Mike, ficaram impressionados com o público inteiro cantando à plenos pulmões! E logo em seguida, uma expressão de susto tomou conta de Mike e ele caiu no chão como se estivesse desmaiando aos poucos. Momento de silêncio!

Patton se move por trás das caixas de som de frente do palco… Solta uns berros… Levanta a bunda como se estivesse reagindo…

Berros, birras, agudos e tosses no chão…

Pouco depois cai e fica em silêncioO que será que aconteceu?????

(continua)

Set-list:

1. Evidence (Peaches & Herb Cover)
2. From Out Of Nowhere
3. Be Aggresive
4. Caffeine
5. Evidence (em portugues)
6. Surprise! You’re Dead
7. Last Cup Of Sorrow
8. Ricochet
9. Easy
10. Epic
11. Midlife Crisis
12. Caralho Voador (com direito a uma adaptação de “Ela é Carioca” para “Ela é Paulista” e ao Billy Gould dizendo “This one is for Palmeiras!“)
13. King For A Day
14. The Gentle Art Of Making Enemies
15. Ashes To Ashes
16. Just A Man

Bis 1:

17. Chariot Of Fire/ Stripsearch
18. We Care A Lot

Bis 2:

19. This Guy’s In Love With You
20. Digging The Grave

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s