Terapia D´Iara #3

Fim-de-tarde…

Servida de mais um copo bem cheio de suco de maracujá , começo minha contradição. Disposta a registrar biograficamente os fatos diários, estou aqui, inspirada, e vendo a vida… um pouco cor de rosa.
A sensação foi basicamente a de um tapa. Rápido, intenso, deixa marca e a pele quente. Enquanto essa sensação tocava cada centímetro do meu corpo, eu previa, e você falava.

O vento de fim de tarde chegava gelado, e eu, somente em panos leves, para você tirar. Caso note minha reação, não comente, seria difícil para mim, te ver sem minha armadura. Tuas palavras e gestos eu absorvo, me delicio com cada brecha que você deixa passar despercebida, saciando assim, uma parte do meu desejo de quimera.

Somente para te estudar e experimentar mais tarde… Assim tem sido a maioria das minhas noites, debaixo de todos os meus livros empoeirados e empilhados.

Sei que você sabe que tuas palavras entram na minha cabeça como música, tua voz amacia meu humor, deixando ele colorido e cada dia mais leve. Tua persona jamais poderei descrever, está acima de qualquer comentário que um dia possa relatar…

….Minha alma quer falar pelos dedos…

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s